GOVERNANÇA PÚBLICA, GESTÃO DE RISCOS E COMPLIANCE COMO INSTRUMENTOS DE TRANSFORMAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO APÓS O COVID-19

Autores

  • Davi Valdetaro Gomes Cavalieri Procuradoria-Geral Federal
  • Lorena Araújo de Oliveira AGU

DOI:

https://doi.org/10.25109/2525-328X.v.20.n.04.2021.2720

Palavras-chave:

Coronavírus. Crise. Gestão Pública. Reestruturação.

Resumo

O presente trabalho propõe uma reflexão acerca da governança pública, da gestão de riscos e do compliance como instrumentos aptos a promover uma recuperação sustentável do Estado Brasileiro após pandemia do novo coronavírus.  Por meio de análise doutrinária e de cotejo das normas atinentes à matéria, pretende-se analisar as peculiaridades dos referidos instrumentos, as formas de aplicação na esfera governamental e os benefícios que podem proporcionar na gestão pública, para superar o momento de crise, bem como para promover uma reestruturação positiva no ambiente organizacional.

Biografia do Autor

Davi Valdetaro Gomes Cavalieri, Procuradoria-Geral Federal

Especialista em Direito Público

Procurador Federal, integrante do Grupo de Atuação Prioritária em Matéria Administrativa da 1ª Região.

Lorena Araújo de Oliveira, AGU

Procuradora Federal, Especialista em Direito Público e Advocacia Pública.

Referências

ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO, Portaria nº 414, de 19 de dezembro de 2017. Disponível em: http://www.lex.com.br/legis_27591147_PORTARIA_N_414_DE_19_DE_DEZEMBRO_DE_2017.aspx. Acesso em: 06 mai. 2020.

BRASIL. Decreto nº 9.203, de 22 de novembro de 2017. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/decreto/D9203.htm. Acesso em: 06 mai. 2020.

CASTRO, Rodrigo Pironti Aguirre de. KARL, Éryta Dallete Fernandes. Aspectos de implantação de programas de integridade nos escritórios de advocacia. Disponível em: https://www.conjur.com.br/2019-jun-26/opiniao-programasintegridade-escritorios-advocacia. Acesso em: 06 mai. 2020.

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO. Instrução Normativa Conjunta CGU/MP nº 1, de 10 de maio de 2016. Disponível em: http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/21519355/do1-2016-05-11-instrucao-normativa-conjunta-n-1-de-10-de-maio-de-2016-21519197. Acesso em: 06 mai. 2020.

CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO. Portaria nº 57, de 4 de janeiro de 2019. Disponível em: http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/58029864/do1-2019-01-07-portaria-n-57-de-4-de-janeiro-de-2019-58029797. Acesso em: 06 mai. 2020.

CUEVA, Ricardo Villas Bôas; FRAZÃO, Ana (Coord.). Compliance: perspectivas e desafios dos programas de conformidade. Belo Horizonte: Fórum, 2020.

CUNHA JR. Dirley. Curso de Direito Constitucional. 2 ed. Bahia: Juspodivm, 2008.

GARCIA, Maria da Glória. Direito das políticas públicas. Coimbra: Almedina, 2009.

MESSA, Ana Flávia. Transparência, Compliance e Práticas Anticorrupção na Administração Pública. São Paulo: Almedina, 2019.

NARDES, João Augusto Ribeiro; ALTOUNIAN, Cláudio Sarian e VIEIRA, Luis Afonso Gomes. Governança Pública: o desafio do Brasil. 3 ed. revista e atualizada. Belo Horizonte: Fórum, 2018.

NOHARA, Irene Patrícia. Governança Pública e Gestão de Riscos: transformações no Direito Administrativo. In: PAULA, Marco Aurélio Borges de; CASTRO, Rodrigo Pironti Aguirre de (Coord.). Compliance, gestão de riscos e combate à corrupção: integridade para o desenvolvimento. 2. ed. Belo Horizonte: Fórum, 2020.

ZENKNER, Marcelo. Integridade governamental e empresarial: um espectro da repressão e da prevenção à corrupção no Brasil e em Portugal. Belo Horizonte: Fórum, 2019

Downloads

Publicado

— Atualizado em 2021-10-01

Como Citar

VALDETARO GOMES CAVALIERI, D.; ARAÚJO DE OLIVEIRA, L. GOVERNANÇA PÚBLICA, GESTÃO DE RISCOS E COMPLIANCE COMO INSTRUMENTOS DE TRANSFORMAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO APÓS O COVID-19. REVISTA DA AGU, [S. l.], v. 20, n. 04, 2021. DOI: 10.25109/2525-328X.v.20.n.04.2021.2720. Disponível em: https://revistaagu.agu.gov.br/index.php/AGU/article/view/2720. Acesso em: 25 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos