Participação popular nos hospitais universitários federais: uma análise do princípio constitucional no sistema único de saúde (SUS) e sua aplicação na empresa brasileira de serviços hospitalares (EBSERH)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25109/2525-328X.v.23.n.01.2024.2327

Palavras-chave:

Saúde Pública, Participação Popular, Controle Social, EBSERH, Sistema Único de Saúde

Resumo

O trabalho pretende apresentar os parâmetros da participação popular no Sistema Único de Saúde (SUS) e investigar a observância destes na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), responsável pela gestão de 40 dos 50 hospitais universitários do país.Demonstra os princípios e diretrizes que erguem a saúde pública, enfocando na democracia sanitária como fundamental à efetividade deste direito social no Brasil, seja em sua acepção institucionalizada ou não institucionalizada, atentando ao papel funcional dos Conselhos e Conferências de saúde para a formulação, execução e fiscalização de políticas públicas. Em análise, os principais fundamentos que motivaram a criação da EBSERH após acórdãos do Tribunal de Contas da União (TCU) e a vinculação ao Programa de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), questionando abertura à participação popular em sua estrutura interna de órgãos de administração, fiscalização, comitês e comissões. Constata-se uma redução e não observância aos parâmetros de controle social nas estruturas da EBSERH, dificultando a legitimidade popular nas tomadas de decisão e na execução de ações e serviços de saúde pertinentes à maior rede de hospitais do sistema público do país.

Biografia do Autor

Lucas Isaac Soares Mesquita, Advogado

Doutor em Direito do Trabalho pelo programa “Administración, Hacienda y Justicia en el Estado Social” da Universidad de Salamanca (USAL). Graduado e Mestre em Direito Público pela Universidade Federal de Alagoas (FDA/UFAL). Especialista em Direito do Trabalho pela Universidade de Salamanca (USAL). Advogado.

Referências

AITH, Fernando. Curso de direito sanitário. A proteção do direito à saúde no Brasil. São Paulo: Quartier Latin, 2007.

ANS. Dados Gerais. Agência Nacional de Saúde Suplementar. 2018. Disponível em: <<http://www.ans.gov.br/perfil-do-setor/dados-gerais>>. Acesso em: 26 jun. 2018.

APUFPR (et. al.) Dossiê contra a atuação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) no complexo do Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Curitiba: APUFPR, 2016.

BINENBOJM, Gustavo. Uma teoria do direito administrativo. Direitos fundamentais, democracia e constitucionalização. 3ª ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2014.

BONAVIDES, Paulo. Teoria do Estado. 3ª ed. São Paulo: Malheiros, 1999.

BRAVO, Maria Inês; CORREIA, Maria Valéria. Desafios do controle social na atualidade. Revista Serviço Social. São Paulo, n. 109, p. 126-150, jan/mar. 2012. Disponível em: <<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-66282012000100008>>. Acesso em: 10 jun. 2018.

BRASIL. Para entender o controle social na saúde. Brasília: Ministério da Saúde e Conselho Nacional de Saúde, 2013. Disponível em: <<http://conselho.saude.gov.br/biblioteca/livros/manual_para_entender_controle_social.pdf>>. Acesso em: 30 jun. 2018.

BRASIL. População teve acesso a 1,4 bi de consultas médicas pelo SUS em um ano. Governo do Brasil, 05 jun. 2015. Disponível em: <<http://www.brasil.gov.br/editoria/saude/2015/06/populacao-teve-acesso-a-1-4-bi-de-consultas-medicas-pelo-sus-em-um-ano>>. Acesso em: 26 jun. 2018.

CARVALHO, Luiz Maklouf. 1988: segredos da Constituinte. Os vinte meses que agitaram e mudaram o Brasil. Rio de Janeiro: Record, 2017.

COMPARATO, Fábio Konder. A nova cidadania. Lua Nova. São Paulo, n. 28-29, p. 85-106, Abr. 1993. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-64451993000100005&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 16 set. 2017.

CORREIA, Maria Valéria Costa. Entre a reforma sanitária e o SUS: os interesses do capital na saúde. In: CORREIA, Maria Valéria Costa; SANTOS, Viviane Medeiros dos (orgs.). Reforma Sanitária e Contrarreforma da Saúde. Interesses do capital em curso. Maceió: Edufal, 2015.

CÔRTES, Soraya M. Vargas. Arcabouço institucional e participação em conselhos municipaos de saúde e assistência social. In: SANTOS JUNIOR, Orlando Alves dos; RIBEIRO, Luiz Cesar de Queiroz; AZEVEDO, Sérgio de (Orgs.). Governança democrática e poder local: a experiência dos conselhos municipais no Brasil. Rio de Janeiro: Revan, 2004.

DALLARI, Sueli Gandolfi. A construção do direito à saúde no Brasil. Revista de Direito Sanitário. São Paulo, v. 9, n. 3, nov. 2008/fev. 2009. Disponível em: <<http://www.revistas.usp.br/rdisan/article/view/13128>>. Acesso em: 19 jun. 2018.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Participação popular na Administração Pública. Revista Direito Administrativo. Rio de Janeiro, 191, pp. 26-39, jan/mar. 1993. Disponível em: <<http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rda/article/view/45639>>. Acesso em: 30 jun. 2018.

EBSERH. Relatório de Gestão do Exercício de 2014 do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes. UFAL, 2014. Disponível em: <<http://www.ebserh.gov.br/documents/221436/333593/Relat%C3%B3rio+de+Gest%C3%A3o_2014_FINAL_30.03.2015.pdf/f73baa95-ff65-41e2-8d1c-6e655e7862f8>>. Acesso em 02 jul. 2018.

FNCPS. Relatório analítico das irregularidades e dos prejuízos à sociedade, aos trabalhadores e ao erário causados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH. FNCPS, 21 ago. 2014. Disponível em: <<http://www.contraprivatizacao.com.br/2014/08/0953.html>>. Acesso em: 28 ago. 2018.

MATTA, Gustavo Corrêa. Princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde. In: MATTA, Gustavo Corrêa; PONTES, Ana Lúcia Moura (Orgs.). Políticas de Saúde: a organização e a operacionalização do Sistema Único de Saúde. Rio de Janeiro: EPSJV/Fiocruz, 2007. Disponível em: <<http://www.epsjv.fiocruz.br/sites/default/files/l25.pdf>>. Acesso em: 22 jun. 2018.

OLIVEIRA, Gabriela de Abreu. A compatibilidade dos princípios e modelo de Estado que subjazem ao SUS e a EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares). 2014. 191 páginas. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Filosofia, Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

PAVÃO, Ana Luiza Braz. SUS: em construção ou desconstrução? Revista Eletrônica de Comunicação Informação e Inovação em Saúde. Rio de Janeiro, v. 10, n. 3, jul/set. 2016. Disponível em: <<https://www.reciis.icict.fiocruz.br/index.php/reciis/article/view/1192>>. Acesso em: 23 jun. 2018.

RIBEIRO, Daniella Borges. A autonomia universitária na era da parceria público-privado. Universidade e Sociedade 56. Brasília: ANDES, junho de 2016. Disponível em: <<http://www.andes.org.br/imprensa/publicacoes/imp-pub-98128498.pdf>>. Acesso em: 01 jul. 2018.

ROLIM, Leonardo Barbosa; CRUZ, Rachel de Sá Barreto Luna Callou; SAMPAIO, Karla Jimena Araújo de Jesus. Participação popular e o controle social como diretriz do SUS: uma revisão narrativa. Revista Saúde em Debate. Rio de Janeiro, v. 37, n. 96, p. 139-147, jan/mar. 2013. Disponível em: <<http://www.scielo.br/pdf/sdeb/v37n96/16.pdf>>. Acesso em: 15 jun. 2018.

SCAFF, Fernando Facury. Direito à saúde e os tribunais. Parte II. In: NUNES, António José Avelãs; SCAFF, Fernando Facury. Os tribunais e o direito à saúde. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2011.

SOARES, Wladimir Tadeu Baptista. Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), Sistema Único de Saúde (SUS) e Autonomia Universitária. 2016. 110 páginas. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Justiça Administrativa, Universidade Federal Fluminense, Niterói.

SOUZA, Natale Oliveira. Legislação do SUS. Comentada e esquematizada. 2ª ed. Salvador: Sanar, 2018.

TCU. Acórdão Nº. 1.520, de 23 de agosto de 2006. Disponível em: <<https://contas.tcu.gov.br/pesquisaJurisprudencia/#/detalhamento/11/%252a/NUMACORDAO%253A1520%2520ANOACORDAO%253A2006/DTRELEVANCIA%2520desc%252C%2520NUMACORDAOINT%2520desc/false/1/false>>. Acesso em: 26 jun. 2018.

TCU. Acórdão Nº. 2.731, de 26 de novembro de 2008. Disponível em: <<https://contas.tcu.gov.br/pesquisaJurisprudencia/#/detalhamento/11/%252a/NUMACORDAO%253A2731%2520ANOACORDAO%253A2008/DTRELEVANCIA%2520desc%252C%2520NUMACORDAOINT%2520desc/false/1/false>>. Acesso em: 26 jun. 2018.

TCU. Acórdão Nº. 2.813, de 25 de novembro de 2009. Disponível em: <<https://contas.tcu.gov.br/pesquisaJurisprudencia/#/detalhamento/11/%252a/NUMACORDAO%253A2813%2520ANOACORDAO%253A2009/DTRELEVANCIA%2520desc%252C%2520NUMACORDAOINT%2520desc/false/1/false>>. Acesso em: 26 jun. 2018.

Downloads

Publicado

— Atualizado em 2024-03-27

Como Citar

SOARES MESQUITA, L. I. . Participação popular nos hospitais universitários federais: uma análise do princípio constitucional no sistema único de saúde (SUS) e sua aplicação na empresa brasileira de serviços hospitalares (EBSERH). REVISTA DA AGU, [S. l.], v. 23, n. 01, 2024. DOI: 10.25109/2525-328X.v.23.n.01.2024.2327. Disponível em: https://revistaagu.agu.gov.br/index.php/AGU/article/view/2327. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos